Gigantes com pés de barro | Optimize Investment Partners

Optimize na imprensa

Gigantes com pés de barro

Artigo de Opinião de Diogo Teixeira, CEO da Optimize, no suplemento Dinheiro Vivo do Jornal de Notícias.

Poucos dias depois dos dissabores vividos pelos investidores da Facebook, foi a vez da Amazon de sofrer uma queda significativa, recuando perto de 5% depois de saírem relatos sobre uma suposta vontade de D. Trump de “ir atrás da empresa”.

O setor tecnológico como um todo viveu um mês de março complicado, alimentado por acidentes, no caso da Uber, e incidentes, no caso da Facebook, que trouxeram lenha para a fogueira de quem considera que esta industria precisa de mais regulação. Olhando para o outro lado da equação económica, os níveis de valorização atuais, pressupondo um crescimento “liberal”, não seriam compatíveis com a segurança dos utilizadores (condução autónoma), uma utilização apropriada dos dados pessoais (redes sociais) ou a ausência de abuso de posição dominante.

Os gigantes tecnológicos não foram, contudo, os únicos atingidos por uma onda de correção. A Inditex, dona da Zara, e a H&M, são outros exemplos de empresas que sofreram de uma inversão significativa do trend positivo seguido até 2017. Qual o ponto comum entre os destinos bolsistas de uma H&M e da Facebook? Em ambos os casos, está em causa a sustentabilidade do modelo económico que alimentou o desempenho destas empresas. Uma mão invisível veio apontar o dedo à fragilidade das árvores que tentam chegar ao céu…

Um ditado, quase popular em Wall Street, diz que um bom investidor deve saber comprar, mas sobretudo vender! Será que devemos vender os títulos que subiram mais de 30% em seis meses, os que desapontaram na sua performance, ou ainda aqueles que não “fizeram nada”?

Um investidor deve em primeiro lugar fazer uma distinção clara entre duas categorias de empresas. Na primeira entram aquelas que estão condenadas a “render”, num setor de atividade maduro, onde vendas e rentabilidades variam de forma marginal, numa competição calma entre concorrentes “civilizados”.

O gestor procura aqui selecionar a “melhor máquina”, mais bem oleada, que consegue extrair um pouco mais de margem ou ganhar mais um ponto de cota de mercado em detrimento dos seus concorrentes. Setores como a industria automóvel, os operadores de telecomunicações, as seguradoras, entram para esta categoria. Para quem procura um investimento mais sossegado, uma rentabilidade mais ou menos previsível… E múltiplos de cotação face aos resultados de 10 a 15.

Na segunda categorizamos as empresas de crescimento, disruptivas, que criaram um novo mercado e procuram desenvolvê-lo com celeridade antes que um concorrente, mais ágil ou com menos escrúpulos, o faça e assume a liderança.

Nesta categoria o investidor deve ser inteligente em dois momentos: no momento da entrada, na seleção do bom cavalo e, sobretudo, no momento da saída, detetando os primeiros sinais de fragilidade. As empresas que chegam ao fim desta faze de crescimento desvairado não desaparecem… são transferidas para a categoria das empresas de rendimento…

E perdem em consequência a possibilidade de “faturar” aos investidores múltiplos de 25 ou mais, descendo para os níveis mais razoáveis previamente citados, em detrimento da sua cotação. Será que a Facebook poderá continuar a crescer à custa de mais rendimento por utilizador depois do recente escândalo?

Será que as autoridades da concorrência vão deixar que a Amazon se torne o ponto de entrada de uma fatia ainda maior das vendas de produtos online nos Estados-Unidos e na Europa? Será que ainda mais pessoas vão estar vestidas com as mesmas roupas nas ruas de Lisboa, do Porto, de Londres e Nova Iorque? As fundações destes gigantes parecem estar a mostrar algumas fissuras…

Artigo escrito por Diogo Teixeira, CEO da Optimize.

Links úteis:

Artigo publicado in 
Jornal de Notícias
 em 29 de Março de 2018
×

Bem-vindo

Para entrar no seu Espaço Privado Optimize,
preencha o formulário em baixo

1
0
5
JKL
3
DEF
9
WXYZ
7
PQRS
2
ABC
8
TUV
6
MNO
4
GHI
×

Bem-vindo

Para entrar no seu Espaço Consultor Optimize,
preencha o formulário em baixo

1
3
DEF
0
7
PQRS
2
ABC
6
MNO
4
GHI
9
WXYZ
8
TUV
5
JKL