Jovens investidores: Como começar a investir?

Os retornos que os mercados financeiros podem proporcionar são tentadores para muitos jovens investidores. Neste artigo abordaremos a forma mais segura de começar a investir.

 

Investir nos mercados financeiros

O começo da vida ativa e a disponibilidade de algum capital para começar a investir faz com que os jovens comecem a manifestar interesse nos mercados financeiros. Ainda que numa idade jovem o capital disponível para investir possa não ser muito elevado, o importante mesmo é começar o mais cedo possível a colocar as poupanças a render. A maioria dos conceitos, recomendações e cuidados a ter são válidos tanto para um investimento de 100€ como para um de 10 000€ ou 100 000€. O importante a ter em atenção é a proporção desse valor no seu património.

Começar a investir nos mercados de forma prudente e informada requer mais dedicação do que se pode pensar. Nos últimos anos têm surgido diversas plataformas e serviços que transmitem a sensação de que investir nos mercados é fácil, uma vez que permitem um acesso aos mesmos de forma rápida e descomplicada. O problema é que esta perceção está fundamentalmente errada. Um investidor que pretenda obter rendimentos positivos de forma sustentada, ao longo dos anos, precisa de muito mais do que instalar uma app e começar a negociar produtos com base na sua intuição.

 

Os riscos para quem começa

A primeira preocupação de alguém que pretende começar a investir nos mercados financeiros deverá ser adquirir conhecimentos e informações acerca dos mesmos. O seu funcionamento, os princípios gerais e quais os veículos de investimento existentes são bons pontos de partida. Posteriormente poderá analisar mais em detalhe os produtos de investimento que considera poderem adaptar-se melhor ao seu perfil de investidor.

O trabalho descrito acima deve ser tanto mais exaustivo quanto mais desejar investir nos mercados de forma autónoma. Ao começar a investir nos mercados de forma totalmente autónoma tem a desvantagem de estar dependente apenas de si próprio e do conhecimento e informações que constantemente conseguir reunir. Muitas vezes esse conhecimento torna-se insuficiente pois os mercados são complexos, as armadilhas escondidas são mais que muitas e a falta de experiência podem transformar a expetativa de rentabilizar o seu dinheiro, em perdas avultadas. Diversos estudos indicam que cerca de 80% dos investidores perdem dinheiro ao investir. Esta estatística não é animadora principalmente para quem se inicia nos mercados e pretende aumentar as suas poupanças. “Eu não sabia que podia perder dinheiro tão depressa” é a expressão de um jovem investidor em entrevista à BBC News sobre este assunto. Impõe-se a questão: “mas não existe forma de um jovem começar a investir com segurança?”.

 

Como investir de forma mais segura

A melhor forma de um jovem poder iniciar-se nos mercados financeiros é procurando ajuda de uma equipa especializada de gestão. A subscrição de fundos de investimento diversificados, com rentabilidades históricas comprovadas e prestígio conquistado no mercado são uma das formas mais sensatas de começar a investir nos mercados financeiros. Desta forma o jovem investidor beneficia do conhecimento e experiência de uma vasta equipa que procura em permanência os melhores investimentos para aplicar o capital. Além disso conta com um acompanhamento diário dos mercados por parte dos gestores dos investimentos com vista a garantir que o seu dinheiro se encontra sempre aplicado da melhor forma. Apesar de naturalmente ser sempre útil que o jovem investidor procure expandir os seus conhecimentos acerca de mercados e acompanhe os mesmos, ter uma equipa de gestores especializados a cuidar do seu capital é uma segurança bastante significativa.

A Optimize Investment Partners é uma Sociedade Gestora de Organismos de Investimento Coletivo inteiramente portuguesa, em atividade desde 2008, que conta com diversas distinções e prémios atribuídos por entidades de referência na área financeira. A Optimize oferece uma alargada gama de fundos de investimento, com diferentes níveis de risco e ativos que os compõem, sendo assim possível encontrar uma solução para todos os perfis de investidor.

Artigo publicado in Optimize