O Poder da Diversificação e do Longo Prazo | Optimize

Optimize na imprensa

O Poder da Diversificação e do Longo Prazo

Artigo de Opinião de Carlos Pinto, Senior Associate in Investments na Optimize, no suplemento Dinheiro Vivo do Diário de Notícias.

Ao consultar os dados históricos dos mercados, verificamos que quanto maior o período de investimento em carteiras bem diversificadas, maior a probabilidade de os retornos atingirem os valores idealizados e menor o risco de perdas.

Os dados estatísticos confirmam que carteiras bem diversificadas por ações e obrigações de qualidade, oferecem retornos médios bem interessantes nas carteiras que respeitem os horizontes temporais de 1, 5, 10 e 20 anos. Além disso, a segurança oferecida pelo longo prazo pode ser demonstrada nos cenários mais extremistas, por exemplo, em ter iniciado e terminado o investimento “nos piores momentos” nos diferentes períodos ao longo das últimas décadas. No horizonte temporal de 1 ano, o panorama pode ser bem penalizador, no entanto a 5 anos, o período mais opressivo patenteia valores próximos de zero. Se avançarmos para 10 e 20 anos, os piores retornos observados vão escalando números positivos.

A paciência aliada à racionalidade, surge como um pilar basilar para o sucesso da estratégia previamente implementada. Infelizmente, é perfeitamente natural a tentação, e por demasiadas vezes a decisão, de sair temporariamente dos mercados nos ciclos mais turbulentos, assumindo as perdas tidas até ao momento com a confiança e intenção de voltar “passado uns tempos” em condições mais vantajosas, leia-se preços mais baixos. Como diz o povo, “gato escaldado de água fria tem medo”, a confiança em reentrar surge demasiado tarde, normalmente após os mercados superarem as quedas anteriores, perdendo grande parte do ciclo crescente.

Decerto, os picos de volatilidade assombram qualquer estratégia de investimento, mesmo quando os dados fundamentais revelam a sua robustez. Os investidores que atuem numa base mais racional e até oportunista, conseguem aproveitar os “saldos” oferecidos pelos investidores impacientes, devolvendo a racionalidade ao mercado, proporcionando fortes recuperações nos dias que seguem as grandes quedas.

Posto isto, é fundamental assumir uma abordagem disciplinada e manter a convicção no poder da diversificação, e do longo prazo no processo de investimento. De facto, “distribuir os ovos por vários cestos” permite diminuir o risco global das carteiras de investimento. Respeitar o horizonte temporal idealizado é fulcral para que várias ideias de investimento atinjam o seu valor, permitindo ultrapassar as várias intempéries que vão atormentando todos os ciclos de investimento e beneficiar do efeito capitalização, permitindo gerar rendibilidade sobre a própria rendibilidade acumulada.

Artigo escrito por Carlos Pinto, Senior Associate in Investments na Optimize.

Links úteis:

Artigo publicado in 
Diário de Notícias
 em 3 de Setembro de 2018
×

Bem-vindo

Para entrar no seu Espaço Privado Optimize,
preencha o formulário em baixo

4
GHI
0
7
PQRS
5
JKL
3
DEF
8
TUV
1
6
MNO
2
ABC
9
WXYZ
×

Bem-vindo

Para entrar no seu Espaço Consultor Optimize,
preencha o formulário em baixo

7
PQRS
9
WXYZ
1
2
ABC
8
TUV
3
DEF
4
GHI
5
JKL
6
MNO
0